2 de abril de 2016

DIÁRIO DE CIRURGIA #02 | Os primeiros dois meses (#BEDA)

Oi pessoal! Desculpem a ausência do diário de cirurgia (o primeiro eu escrevi lá pelo início de março... #ShameOnMe), mas os últimos tempos foram tão malucos na minha vida, que não tinha nem forças e vontade de sentar na frente do notebook e escrever sobre.

Até completar um mês de cirurgia, tive que ir ao hospital 1 vez por semana pro Dr. Geraldo (o médico que me operou) e sua equipe verem como está indo o processo de cicatrização. Como o método da cirurgia é o chamado "corte em T" (que mexe nas auréolas, com um traço abaixo e cortes horizontais por baixo das duas mamas), há cicatrizes internas e externas. Não vou negar, é o período que você vai ter mais dor, super normal - aliás, segundo meu médico, a dor pode durar até seis meses após a cirurgia, e com o frio é pior. Mas nada que um anti-inflamatório não resolva pra aliviar e se você não abusar de fazer o que não deve nesse período de recuperação.

Por exemplo, não dá pra levantar os braços acima do ombro no primeiro mês. Fui liberada após isso! E é após o primeiro mês que você é incentivada a começar a fazer exercícios, desde que não tenha que fazer nenhum esforço com os braços. No meu caso, fui liberada a fazer esteira e bicicleta ergométrica. Depois de uns dias, pude entrar na piscina (desde que com o sutiã cirúrgico e uma camiseta por cima, pra evitar o sol) pra nadar, desde que devagar - sem nado crawl. A gente vai se adaptando conforme o que pode e o que não pode, né? Mal vejo a hora de poder voltar ao ballet e à patinação, que estão fazendo uma falta enorme pra mim (principalmente patinar).




No início de março, teve o casamento da minha melhor amiga, Cristiane, e eu tava com receio da roupa que eu ia usar, por causa do sutiã. E não é que, com algumas adaptaçõezinhas pra que o sutiã não ficasse tão visível, achei o vestido certo pra ocasião? Tanto que postei no último #LookDaJuba a roupa usada no casamento. Foi a primeira vez em que me senti bonita e poderosa de verdade (pois eu não me sentia assim com o peito que tinha antes).

E nessa semana (dia 27/03, pra ser exata), fez dois meses. O médico me liberou - finalmente - a usar sutiã normal, desde que eu revezasse com os cirúrgicos pois ainda tá cicatrizando tudo (especialmente por dentro). Alguns pontos externos estão saindo, mas ainda tenho alguns cuidados pra tomar - ou seja, mais um mês pelo menos no resguardo. Mas a vida já está voltando ao normal aos poucos. Por enquanto eu estou usando um sutiã sem aro nem bojo que a minha mãe comprou pra mim antes da cirurgia, pra usar no reveillón desse ano - o único que não alargou com o tempo de uso pois todos os que eu tinha, que eram grandes demais, eu dei embora. Só fiquei com um pra ficar de lembrança porque era o único bonito que eu tinha. E logo (assim espero), de volta ao ballet! Pois, por receio à quedas e outros acidentes, é melhor eu esperar mais um pouco pra colocar os patins nos pés.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui é a Jujubaluba. Obrigada por visitar meu blog =) Deixa um comentário sobre o que você achou do post.